Especial: 20 Anos Sem Jack Lord Aloha!

O ator Jack Lord faleceu há 20 anos. De toda a sua carreira no cinema e TV, ele é mais lembrado pelo seu papel como Steve McGarrett o chefe da polícia estadual do Havaí, na série Havaí 5-0 que foi produzida entre 1968 e 1980.

3524734

   Como Lord é mais lembrado: Steve McGarrett da série Havai 5-0 (1968-1980)

Lord era um tremendo profissional, dotado de uma personalidade marcante e com um grande senso de dignidade, que garantiu ao personagem Steve McGarrett e a série Havaí 5-0 um enorme sucesso em seus 12 anos de produção.Ao assistir a série, Acreditávamos realmente na existência do esquadrão 5-0, tanto que uma quantidade enorme de pessoas fez turismo ao Havaí, principalmente para conhecer a sede da polícia estadual e seus oficiais. Não existe a polícia estadual do Havaí, ela foi criada pelo escritor e produtor da série Leonard Freeman.

Mas nem só de Havaí 5-0 viveu o ator Jack Lord, vamos recapitular um pouco de sua carreira

Jack Lord  nasceu John Joseph Patrick Ryan em Nova York em  1920 e seu pai William Lawrence Ryan, era um executivo de uma empresa de navios. Aos 15 anos, passava muito tempo nos convés dos navios pintando e esboçando as paisagens que encontrava: África, Mediterrâneo, China, etc. Foi educado numa academia naval, por causa de seus pais, mas sempre teve interesse em desenvolver carreira no mundo das artes. Gostava muito de esportes e através de uma bolsa de estudos, que seu pai conseguiu para Jack jogar futebol na Universidade de Nova York, obteve um diploma em Belas Artes.

 

a68a21c1e67c54c32e981ab72a632ea1

    O jogador de football John Joseph Patrick Ryan

Durante a Segunda Guerra Mundial e na Guerra da Coreia, ele serviu na Marinha Mercante. Durante a Guerra da Coreia, os seus superiores souberam que ele estudara Belas Artes, e o convidaram para fazer filmes de treinamento marítimo. Com isso Lord decidiu que queria atuar também. Ao voltar para Nova York ao final da Guerra, decidiu participar do Actor´s Studio, uma famosa escola para atores e diretores. Precisava de um emprego para financiar seus estudos e foi trabalhar como vendedor de carros. Nessa época conheceu e estudou com Marlon Brando, Paul Newman e Marilyn Monroe. Mas o começo de carreira era igual para todos, Lord conseguiu atuar em uns pequenos papeis na Broadway e depois decidiu ir para Hollywood tentar a sorte no cinema ou na televisão.

4b89a8130725ebf9f07bc120a3a91125--event-photos-rare-photos

Jack Lord e Marilyn Monroe 1955

Seu primeiro papel foi em 1949, um filme de 60 minutos chamado Project X sobre os perigos da infiltração comunista na sociedade americana. Basicamente sua carreira seguia entre pontas em alguns filmes para o cinema e muitas e muitas participações em series de TV. No início dos anos 60 Lord já era um rosto conhecido na televisão e isso despertou o interesse no produtor Albert Broccoli que procurava um ator especial para um papel secundário numa produção chamada Dr. No, o filme que  iniciaria a franquia do agente James Bond no cinema. O papel de Lord seria do agente da CIA Felix Leiter, contracenando com o ator Sean Connery. Lord se saiu muito bem no papel, e iria reprisa-lo no terceiro filme de Bond 007 Contra Goldfinger, mas os produtores acharam que ele tinha uma personalidade muito marcante e que atrapalharia o personagem principal. Então colocaram um ator desconhecido e sem brilho para o papel no lugar de Lord.

Jack_lord_sean_connery_dr._no_1962_sunglasses.png

       O Primeiro Felix Leiter 

jacklorda

Uma das fotos que ficavam nos lobbys dos cinemas

Com o sucesso de Dr. No, as portas se abriram para Jack Lord, ele conseguiu uma série de TV como o protagonista principal. A série se chamava Stoney Burke e era sobre um campeão de rodeios, e suas aventuras para conseguir o maior prêmio de todos, The Golden Buckle. A série foi produzida entre 1962 e 1963 com 32 episódios.

8a1022c9bb84a2d392c4ee5e119cc2ea

    A série Stoney Burke, produzida entre 1962 e 1963.

Em 1966 Jack Lord participou como protagonista principal de um filme feito para a televisão: 100.000 Dólares ou a Morte. A vida imitou a arte e o incidente mostrado no filme aconteceu na vida real. Os produtores então correram para  lançar o filme nos cinemas, não só nos Estados Unidos e em outros países como aqui no Brasil.

doomsday (1)

O cartaz original para exibição dos cinemas do filme 100.000 Dolares ou a Morte 

Gene Roddenberry o criador da série Jornada nas Estrelas procurava na época um ator para o papel do Capitão James Kirk para a produção do segundo piloto da série. Gene ouviu falar do filme 100.000 Dolares ou A Morte  e apos assisti-lo decidiu que queria Jack Lord para o papel do Capitão Kirk.  Gene chamou Lord para uma reunião nos estúdios da Desilu e fez o convite oficial. Mas Lord não gostou do papel, Gene tentou mais uma vez e pediu que ele vestisse o uniforme do Capitão. Lord assim o fez e olhando para ele mesmo vestido com o uniforme em um espelho de três partes fez o seguinte comentário “Não há como interpretar essa droga de papel” e saiu fora.

8eb48d5369a54de42aeab4cefeb115a9                Jack Lord como o Capitão James Kirk?

 

A grande chance para Lord chegaria em 1968, quando a CBS planejava uma série policial que seria totalmente filmada no Havaí, onde o protagonista seria um personagem que levaria a lei acima de tudo, inclusive de sua vida pessoal, mas um líder. Não houve na verdade uma seleção para o papel de Steve McGarrett, os produtores pensaram em Lord que aceitou prontamente. Com o tempo Jack Lord interferiu em muitos aspectos da série, exigiu dos produtores a  dispensa do ator Zulu que fazia o personagem Kono kalakaua  na quarta temporada, tambem exigiu que seu nome aparecesse primeiro nos créditos finais, virou um dos produtores executivos da série,  e arrumou um tempinho para dirigir e atuar em 06 episódios de Havai 5-0.  Ganhou muito dinheiro e acabou por fixar residência no Havaí, em um condomínio luxuoso.

Hawaii-five-0-jack-lord-pilot-episode-cocoon-dvd-1968-e156e

O Elenco principal da série

Nas horas vagas ainda se dedicava as artes, pintando quadros e era costume recitar poesia em voz alta no set de filmagem da série. Dois quadros seus foram comprados pelos New York’s Metropolitan Museum of Art e o British Museum of Modern Art.

236e2d04c455abe5d92c4e730c071fae (1) (1)

Jack em seu atelier pintando nas horas vagas

Em 1979 Jack Lord queria também produzir e dirigir filmes, criou com a sua esposa Marie Lord a produtora Lord & Lady. Ele atuou, produziu e dirigiu apenas um filme em sua produtora: Posto M: Havaí que foi exibido na televisão em 1980, inclusive aqui no Brasil.

thumb_2472358016

Anúncio do lançamento do filme na TV 

hqdefault (1)

Jack em seu último papel, uma ponta no filme Posto M: Havaí

No início de 1980, já no meio da 12ª. temporada de Havaí 5-0,  Jack Lord informou aos produtores que não queria mais interpretar o personagem. Então a 12ª. temporada seria a última da série. Na verdade, Jack Lord começara a sentir os sintomas de uma doença generativa que atinge a milhões de pessoas: Artrite. Ele sentia  muitas dores e tinha dificuldade para se locomover. Mais tarde em  1990 também foi diagnosticado com a doença de Alzheimer.

tPDcsskC3

O elenco da última temporada de Havai 5-0

hawaii-five-o13a

O último episódio

Os produtores não sabiam o que fazer com o polo de produção criado no Havaí durante os 12 anos de produção da série. Mas logo depois a CBS criou a série Magnum em 1980 que foi totalmente rodada no Havaí, e o polo de produção foi aproveitado por mais 08 anos.

magnum801211

O anúncio da nova série que usaria o polo de produção de Havai 5-0

Após o encerramento da série, Jack Lord viveu como recluso em seu condomínio e raramente fazia alguma aparição pública, a foto abaixo  é de 1996, na sua fase já com a doença de Alzheimer  Jack Lord faleceu em 21 de janeiro de 1998, e já não se recordava de seu trabalho como ator, diretor e produtor.

jl-now2

Felizmente com as novas tecnologias, podemos resgatar para conhecer ou relembrar o trabalho deste grande ator.

 

Aloha!

art

 

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário