Lançamentos | Editora LeYa

A editora Leya traz os volumes 6 e 7  da saga de George R.R. Martin “Wild Cards” e mais:

Ás na Manga

Os super-heróis mais poderosos e os vilões mais bizarros estão de volta nos novos volumes da saga de ficção científica de George R.R. Martin. Mesmo que um dia Games Of Thrones acabe, ninguém ficará órfão das tramas do gigante George Martin. Os direitos de adaptação de Wild Cards para a televisão foram comprados e as filmagens devem começar ainda em 2017! Em Atlanta, começam as preparações para a disputa eleitoral. De um lado, o carismático Gregg Hartmann, candidato liberal que representa o interesse os curingas, do outro, o conservador Reverendo Barnett, com sua política de mais segregação e opressão. Quase quarenta anos depois, a população ainda enfrenta as consequências da devastação que o vírus alienígena causou. Os curingas continuam vivendo à margem da sociedade, e apenas com a possível candidatura de Hartmann há uma promessa de que essa realidade comece a mudar. O que poucos sabem é que Hartmann não é o bom moço que parece. Por trás de todo o seu engajamento político e da assistência que presta aos curingas, ele utiliza certas artimanhas nada honrosas para se aproveitar da vulnerabilidade deles e, assim, alavancar sua carreira. Em meio a uma trama política que envolve jogos de poder e interesse, ases e curingas disputam o controle da nação, que tenta a todo custo se reconstruir e superar a herança de separação e sofrimento que o vírus carta selvagem instaurou na sociedade americana. Editado e coescrito por George R.R. Martin, a série Wild Cards nos apresenta um planeta Terra com sua história completamente alterada pela chegada de um vírus alienígena que deu superpoderes a quem sobreviveu a seus efeitos. Como o homem reagiria a esses poderes? Como se daria a política americana com essas pessoas entrando em equação? Como as obsessões e paranoias da população seriam afetadas? Cruelmente real e adequada ao momento histórico atual, essa é a história de super-heróis que as revistas em quadrinhos não contam.

A Mão do Homem Morto

Uma notória curinga conhecida como Chrysalis foi morta. Um detetive particular e um policial de Nova York saem em busca do assassino. A saga que conta a história de um mundo profundamente transformado pelo impacto do vírus Carta Selvagem continua, agora com toques de mistério e romance policial, além da ação que já a caracterizava. Editado e coescrito por George R.R. Martin, a série ?Wild Cards? nos apresenta um planeta Terra com sua história completamente alterada pela chegada de um vírus alienígena que deu superpoderes a quem sobreviveu a seus efeitos. Como o homem reagiria a esses poderes? Como se daria a política americana com essas pessoas entrando em equação? Como as obsessões e paranoias da população seriam afetadas? Cruelmente real e adequada ao momento histórico atual, essa é a história de super-heróis que as revistas em quadrinhos não contam.

O Enigma de Blackthorn

Após uma série de assassinatos, um aprendiz de boticário precisa solucionar enigmas e decifrar códigos na busca por um segredo que pode destruir o mundo. Poções, quebra-cabeças e uma ou outra explosão. Tudo isso pode acontecer em um dia normal de trabalho do jovem Christopher Rowe, aprendiz de boticário. Mas o que ele não sabe, e logo vai perceber, é que este é um péssimo momento para ser assistente de Benedict Blackthorn. Uma série de assassinatos abala Londres, e Christopher está na mira. Seus únicos aliados são seus melhores amigos. Suas únicas pistas são uma mensagem codificada sobre o projeto mais perigoso de seu mestre, e um aviso criptografado: ?Não conte a ninguém!?. Agora, resta a ele desvendar o código e descobrir o segredo que pode destruir a humanidade. Ou se tornar a próxima vítima. Uma história que faz perder o fôlego, repleta de suspense, mistério, e personagens inesquecíveis.

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário