Lançamentos | Versátil DVD

Nesse mês, a Versátil traz o clássico Águia Solitária e outros cine-documentários importantes.

Águia Solitária

Um clássico  do mestre Billy Wilder (“Crepúsculo dos Deuses”) sobre o lendário aviador Charles Lindbergh (1902-1974), interpretado pelo astro James Stewart (“Um Corpo que Cai”). Essa Edição Especial apresenta esse raro filme em versão restaurada e vários extras, incluindo um cinejornal de época.

Em 1927, Charles Lindbergh, um piloto que levava correspondências do correio, entrou para a história dos Estados Unidos ao se transformar no primeiro homem a atravessar o Oceano Atlântico em um avião num voo sem escalas. O filme reconstitui todos os detalhes esse feito extraordinário.

Extras: Cinejornal sobre a estreia do filme (8 min.), Trailer de cinema (3 min.)

 A Paixão de Joana d’Arc

Um dos maiores filmes da história do cinema e a obra máxima do mestre Carl Theodor Dreyer (“A Palavra”). Esta Edição Definitiva traz esse clássico em inédita versão recentemente restaurada com intertítulos em dinamarquês tanto em 20 quadros por segundo como em 24 quadros por segundo, além de vários extras, incluindo uma entrevista com o diretor.

Mais famosa versão cinematográfica para a história do trágico fim de Joana d’Arc, líder religiosa e militar francesa torturada e queimada pela Igreja sob a acusação de blasfêmia, detalhando as suas últimas horas de vida, logo após sua captura pelos ingleses. Maria Falconetti, em uma das mais impressionantes atuações do cinema, vive a mártir francesa neste filme construído de maneira original, privilegiando closes e planos fechados dos rostos dos atores como recurso dramático. A produção conta ainda com uma rara aparição nas telas do lendário teatrólogo Antonin Artaud.

Extras: Versão do filme em 20 quadros por segundo (96 min.), Entrevista de Dreyer (8 min.), Depoimento de Hélène Falconetti (11 min.)

A Arte de Carl T. Dreyer

Digistack com 2 DVDs que reúne 4 obras-primas em inéditas versões restauradas do genial Carl Theodor Dreyer, um dos maiores mestres da história do cinema mundial. E ainda quase uma hora de extras, incluindo um documentário sobre o diretor dinamarquês.

  •  DISCO 1
    • A PALAVRA (Ordet, 1955, 126 min.)
      Com Henrik Malberg, Emil Hass Christensen, Cay Kristiansen.
      A rotina de uma família de fazendeiros é modificada quando um dos filhos, aparentemente enlouquecido, declara ser Jesus. Um dos maiores filmes de todos os tempos. Leão de Ouro no Festival de Veneza.
    • O VAMPIRO (Vampyr, 1932, 73 min.)
      Com Julian West, Maurice Schutz, Rena Mandel.
      Um viajante obcecado pelo sobrenatural se hospeda numa pousada na qual encontra evidências da existência de vampiros. Obra-prima do cinema fantástico baseada em “Carmilla, a Vampira de Karnstein”, de Sheridan Le Fanu.
  • DISCO 2
    • DIAS DE IRA (Vredens dag, 1943, 98 min.)
      Com Thorkild Roose, Lisbeth Movin, Sigrid Neiiendam.
      A jovem esposa de um pastor se apaixona pelo filho deste em meio à violenta caça às bruxas na Dinamarca do século XVII. Uma obra-prima sombria sobre religião e fanatismo dirigida magistralmente por Dreyer.
    • GERTRUD (Idem, 1964, 117 min.)
      Com Nina Pens Rode, Bendt Rothe, Ebbe Rode, Baard Owe.
      Entediada com a vida conjugal, uma aristocrata mantém relações com outros homens. Vencedor do Prêmio da Crítica Internacional no Festival de Veneza, este drama subestimado foi o derradeiro filme do grande mestre.
      Documentário sobre Dreyer (30 min.), Especial sobre “Dias de Ira” (20 min.)
Deixe seu comentário:

Deixe um comentário