Texto feito em parceria com o PontoJão

Você certamente já viu que na nova HQ do Capitão América, Steve Rogers manda um “hail Hydra”, indicando que talvez faça parte da organização que sempre foi sua nêmesis. Mas a pergunta que fica é: além dos infinitos memes, o que isso significa para o Bandeiroso? Como raios isso aconteceu? Vamos teorizar as possíveis razões dessa mudança de lado.

1) O Capitão é um espião triplo

Essa é a teoria mais segura. Como parte de um elaborado plano para fazer aliados, inimigos e leitores de trouxa, Steve Rogers engendrou um plano de longo prazo para se infiltrar na Hidra e destrui-la por dentro. É o sonho de todo fã que hoje está queimando as HQs – e o nosso sonho, ao assistir o desespero desses por terem queimado os gibis à toa.

Seguindo o fato de que a Marvel tem alinhado cinema e quadrinhos, e considerando que em breve Steve Rogers está nos cinemas novamente, é difícil acreditar que a Marvel vá deixar que seu símbolo (judeu) do American Dream se torne um pró-Nazistas. Mas… E se for verdade?

2) Capitão América sempre foi um agente da Hidra adormecido

E não estamos falando do tempo que ele ficou literalmente dormindo, congelado. É possível que Steve Rogers seja, desde sempre, um agente da Hidra o qual foi ordenado não agir senão sob ordens de uma liderança suprema.

Isso é assustador porque estaríamos falando de alguém acima do próprio Caveira Vermelha e do próprio Führer, já que o Capitão já esbofeteou e derrotou Hitler em suas aventuras. Este grande vilão seria alguém que provavelmente não vimos nos quadrinhos. Algum palpite?

3) Capitão América agora é um adolescente rebelde

Antes de falar que prefere High School Musical, é importante lembrar que Rogers teve sua juventude restabelecida recentemente, no arco “Avengers: Standoff!“. Não seria exagerado pensar que, depois de rejuvenescido, o Capitão América teve uma mudança na sua percepção de mundo e, segundo sua nova visão, a Hidra seria mais capaz de defender e manter os ideais que ele representa num mundo pós-Guerra Fria. Em suma: Rogers seria um daqueles jovens que recusam o imperialismo estadunidense e se tornam parte do ISIS, basicamente.

Essa teoria ganha força ao vermos, em Capitão América: Steve Rogers #1, que Rogers aprendeu muito sobre a Hidra desde pequeno. Teria essa sido a semente que germinaria depois que nosso amigo deixasse de ser um picolé em um mundo onde os EUA parecem sempre ser o vilão? Certamente ele deve estar decepcionado de ter passado sua vida inteira lutando por um país que parece só ter valores quando lhe interessa.

4) Capitão América está sob controle mental

Se a teoria do espião triplo é a mais segura, essa é a mais quadrinho. Essa teoria parece ter a favor o fato de que, não faz muito tempo, um clone do Caveira Vermelha estava controlando pessoas com sua mente depois de ter roubado o cérebro do Xavier (um abraço para a série Heroes). Como não foi explicitado que o vilão perdeu os poderes ou se o cérebro roubado (como não amar quadrinhos?), podemos deduzir que o Caveirão ainda está com os poderes controladores de mente.

Por outro lado, logo antes do arco Eixo, o Caveira tentou controlar o Capitão e até conseguiu, mas por pouco tempo, mostrando que seus poderes eram bem limitados nesse sentido. Então a não ser que ele tenha aumentado consideravelmente sua força, parece improvável que seja o Caveira a controlar Rogers – embora isso não impeça que seja… Bem, basicamente qualquer um.

5) Todas as alternativas anteriores

Estamos falando de superherois que foram congelados por décadas e de clones de líderes nazistas, então não seria exagero pensar em uma combinação destas possibilidades.

Talvez Rogers já tivesse uma simpatia pela Hidra plantada em sua mente que foi somente despertada pelo Caveira enquanto este o controlava? Ou quem sabe a mãe de Rogers o preparou desde criança para ser um agente duplo e agora Rogers está se beneficiando disso para poder virar a mesa? A última vez que vimos o Caveira Vermelha, ele estava reorganizando a Hidra. Será que o Capitão quer derrubá-la de dentro ou simplesmente tornar-se seu líder?

E você, caro leitor psicótico fã de teorias absurdas, qual a sua ideia? Tem algum palpite? Deixe aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário