Lançamentos: Obras Primas do Cinema

Curtam os lançamentos do selo Obras Primas do Cinema:

Eu Te Matarei Querida

Um clássico Hollywoodiano dirigido por Henry Koster e baseado num romance de Daphne du Maurier a mesma autora de Rebecca. Estrelando Olivia de Havilland e Richard Burton o filme foi indicado para quatro Oscars em 1953 e no mesmo ano Richard Burton foi a “nova estrela” no Globo de Ouro, recebendo o prêmio de “Maior Revelação Masculina”.

Em 1838, Ambrose (John Sutton) morre em circunstâncias suspeitas em Florença. Seu primo Philip Ashley (Richard Burton), se convence de ele fora assassinado pela esposa, Rachel (Olivia de Havilland), para herdar sua fortuna. Porém, quando Philip conhece Rachel logo se apaixona por ela, e começa a achar que suas suspeitas podem ser infundadas. No entanto ela parece manipular a situação para ficar com a valiosa propriedade da Cornuália, deixada pelo falecido marido a Philip.

Gypsy –  Em Busca de Um Sonho

Autobiografia romanceada da dançarina Gypsy Rose Lee, pioneira americana do teatro burlesco e do strip-tease. O filme tem a direção de Mervyn Reroy e no elenco as estrelas, Natalie Wood e Rosalind Russell. Indicado a três Oscars e seis Globos de Ouro, vencendo neste, na categoria de Melhor Atriz em um Musical/Comédia (Rosalind Russell).

Baseado na autobiografia de Gypsy Rose Lee, assim como a peça de sucesso da Broadway esta versão de 1962 retrata a vida e os tempos da dançarina burlesca e os conflitos com sua dominadora mãe Mama Rose.

Os Russos Estão Chegando

Filme de comédia americana de 1966 dirigido por Norman Jewison. O roteiro, bastante engenhoso, foi adaptado por William Rose de uma novela infanto-juvenil de autoria de Nathaniel Benchley (The Off-Islanders). A história é uma paródia da Guerra Fria, conflito de pós-guerra que envolvia a “União Soviética e os Estados Unidos” na época do lançamento do filme. Brilhante comédia estrelada por Carl Reiner, Eva Marie Saint e Alan Arkin.

O atrapalhado capitão de um submarino russo, deixa a embarcação encalhar nos bancos de areia nas proximidades de uma ilha da Nova Inglaterra, na costa estadunidense. Ele encarrega seu imediato, o tenente Rozanov, de liderar um pequeno comando para conseguir secretamente um barco para puxar o submarino e desencalhá-lo. Os marinheiros saem em busca da tal embarcação, mas se metem em confusões que colocam em pânico os habitantes da pequena cidade, e logo um boato sobre a invasão russa e uma possível 3ª guerra mundial, toma conta de todos!

Coleção Dose Dupla: Barbara Stanwyck

Dois clássicos inéditos em versões restauradas: “Triunfos de Mulher (1931)” direção de William A. Wellman, estrelando Barbara Stanwyck, Ben Lyon, Joan Blondell e Clark Gable; e o clássico noir  “Casei-me com um Morto (1950)” direção de Mitchell Leisen, estrelando Barbara Stanwyck, John Lund, Jane Cowl no elenco.

  • Casei-me com um Morto
    Grávida, sem dinheiro e abandonada pelo namorado Stephen, Helen Ferguson resolve voltar para sua terra natal. O trem que ela pega, sofre um grande acidente, e ela vê a oportunidade de assumir a identidade de Patrice Harkness, morta juntamente com o marido Hugh. Helen é aceita pela família do morto, que ainda não conhecia a esposa. Poderia Helen agora controlar seu destino?
  • Triunfos de Mulher
    Lora Hart sonha em ser enfermeira e consegue uma vaga num hospital como estagiária, após o curso, passa a trabalhar a noite em plantões noturnos na casa de duas crianças muito doentes. Lora percebe que há algo estranho, uma vez que as crianças estão sempre muito famintas. Ao tentar falar com a mãe alcoólatra ela é impedida pelo motorista Nick, que mostra ser mais que um simples empregado.

 

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário