Jurassic World 2 | Diretor fala sobre dinossauros em escala global

Jurassic World chegou chutando traseiros, quebrando recordes e já é a terceira maior bilheteria da história do cinema. Naturalmente, uma sequência já foi confirmada para estrear em 22 de Junho de 2018, novamente com Chris Pratt e Bryce Dallas Howard com Colin Trevorrow na direção.

Uns dias atrás o diretor falou o seguinte sobre a continuação:

“Não será só um bando de dinossauros perseguindo pessoas numa ilha. Não dá pra bater na mesma tecla. A ideia é não nos limitarmos a parques, já que as aplicações científicas do que vimos vão além do entretenimento. Basta lembrar do poder nuclear, nosso primeiro instinto foi transformar em arma e só depois descobrimos que também poderíamos usá-lo como energia. Isso nunca esteve no livro, mas é uma semente que sempre quis plantar e ver florescer no cinema. E se o segredo da criação dos dinossauros se tornar publico? E se quinze diferentes entidades pelo mundo pudessem criar dinossauros?

“O Dr. Wu disse no filme ‘Nós não seremos os únicos criando dinossauros’. Essa é uma ideia interessante que nem eu sei como explorar por completo ainda. Temos um universo inteiro para expandir. Eu só não deveria ter usado a palavra ‘universo’. As pessoas vão achar que estamos criando um universo cinematográfico de Jurassic World. E não estamos.”

Parece que Trevorrow vai dar uma segunda chance pra ideia furada de O Mundo Perdido: Jurassic Park. Talvez tenhamos mais dinossauros nas cidades e sendo controlados por humanos para fins militares. Eu simplesmente não sei como reagir. Que ele acerte a mão de novo.

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário