Entendendo o Sabre de Luz de Star Wars VII

No primeiro trailer de Star Wars, nos deparamos com um “modelo novo” do Sabre de Luz que está deixando muitos alvoroçados e confusos.

Primeiro, os dois pequenos feixes de luz laterais são o “guarda-mão”, que como o nome indica, serve para proteger as mãos do usuário e evitar que isso aconteça:

Lukenohandsma

Outro problema, tecnicamente, é que existem duas partes metálicas de onde os “pequenos sabres de luz” saem. Um espaço onde ele obviamente poderia ser cortado. Entretanto, há materiais no universo de Star Wars que o Sabre de Luz não pode cortar: Aço Mandaloriano, Liga de Phrik, Electrum, Cortosis-weave, Escamas de Zillo e Lighfoil. Todos materiais absurdamente raros de se encontrar, por isso um Sabre inteiro desses materiais seria inviável, já um guarda-mão, nem tanto.

Vale ressaltar também que este guarda-mão não é invenção do J.J. Abrams e faz parte do cannon de Star Wars.

01

Lembre também que em toda a mitologia da franquia existem sabres de vários formatos, até chicotes. Que neste caso é construído de vários cristais pequenos e sem a célula de contenção que o mantém reto.

02 04 03

E como o Sabre de Luz funciona? O raio que sai da empunhadura se estende por aproximadamente um metro antes de ser arqueado pelo campo de contenção do sabre, negativando a carga e canalizando de volta para a célula de energia por um supercondutor, fechando o circuito. Quando um Sabre de Luz corta algo, o circuito é interrompido e a energia contida é liberada, destruindo o alvo.

Como não sou engenheiro do Império ou especialista em história Jedi, se faltou alguma informação ou algo estiver errado, nos avise nos comentários!

Deixe seu comentário:

1 COMENTÁRIO

Deixe um comentário