The Hateful Eight: Quentin Tarantino planeja se aposentar após o filme

Quentin Tarantino confirmou que pretende se aposentar após o término de The Hateful Eigth. O diretor disse que finalizar sua carreira no décimo, e no auge, é uma boa maneira de botar um ponto final, mas se caso mais tarde ele tiver alguma ótima ideia pra levar paras as telonas, o fato de ter dito que não faria mais filmes, não o impossibilitaria de fazê-lo.

Tarantino também falou sobre a importância de usar 70mm na gravação do The Hateful Eight, pois a ideia é valorizar a experiência cinematográfica. A ideia é que com isso as pessoas tenham uma experiência no cinema totalmente diferente da de assistir o filme em casa ou no Smartphone. O diretor espera também que com isso as pessoas percebam que nem tudo tem que ser digital, já que a “experiência analógica” é melhor.

Apesar de toda essa magia, o filme ainda será distribuído também em 35 mm e digital, por motivos óbvios.

Confira a sinopse oficial: “The Hateful  Eight se passa seis, oito ou doze anos após a Guerra Civil americana. Em uma diligência que está atravessando Wyoming estão o caçador de recompensas John Ruth (Russell) e sua fugitiva Daisy Domergue (Leigh). Na estrada eles encontram com dois estranhos: Major Marquis Warren (Jackson), um antigo soldado da união que hoje é caçador de recompensas e Chris Mannix (Goggins), um sulista renegado que diz ser o Xerife da nova cidade. Perdidos na nevasca, os quatro procuram refugio na Retrosaria da Minnie, onde são recebidos por Bob (Bichir), que tomou conta do lugar enquanto Minnie está fora. Lá também encontram o carrasco Oswaldo Mobray (Roth), o caubói Joe Gage (Madsen) e o General Confederado Sanford Smithers (Dern). Enquanto a tempestade piora do lado de fora, os oito viajantes descobrem que talvez não consigam chegar até seus objetivos…”

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário