banner-cast

Flash é o herói da DC responsável por uma das galerias de vilões mais bizarras dos quadrinhos. Por este motivo e seguindo nossas tradições, daremos início a Galeria de Vilões da série The Flash que será atualizada a cada episódio.

Galeria de Vilões de Arrow (1ª Temporada)
Galeria de Vilões de Arrow (Primeira Temporada)

Galeria de Vilões de Arrow (2ºTemporada)
Galeria de Vilões de Arrow (Segunda Temporada)

Galeria de Vilões de Flash (2ªTemporada)
Galeria de Vilões de Flash (Terceira Temporada)

Clyde Mardon (Mago do Tempo)

Na série: Clyde é o primeiro vilão criado pelos raios do Laboratório S.T.A.R.. Ele possui o poder de controlar o tempo e morreu ai final do piloto.

No gibi: O Mago do Tempo não é um meta-humano nas HQs, ele possui a Varinha do Tempo e seu nome é Mark Mardon. Acontece que nos quadrinhos Clyde é o irmão falecido sem poderes do Mago do Tempo.

Danton Black (Multiplex)

Na série: Danton  Black é um ex-funcionário de Simon Stagg que estava fazendo pesquisas com células tronco para criar um novo coração para sua esposa. Stagg roubou sua pesquisa, o demitiu e sua esposa acabou morrendo. Danton em fúria e com poderes de se multiplicar ganhos com a explosão do acelerador de partículas, decidiu se vingar de Stagg.

No gibi: Multiplex é um vilão primariamente do Nuclear. Durante o desenvolvimento de uma usina nuclear que foi sabotada por ecoterroristas, houve uma grande explosão que acabou fundindo o chefe de Danton com Ronnie Raymond, surgindo assim uma das encarnações do Nuclear. Danton foi pego na mesma explosão e ganhou seus poderes de bio-fissão, força, resistência e voô.

Kyle Nimbus (Névoa)

Na série: Kyle Nimbus trabalhava como assassino para a Família Darbinyan, até que testemunharam contra ele e Nimbus foi condenado a morte. Quando estava sendo executado, Kyle foi atingido pela onda do acelerador de partícula e fundido com gás venenoso. O assassino decidiu então se vingar de todos os responsáveis por sua “morte”: os Darbinyan, a juíza de sua sentença e o Detetive Joe West.

No gibi: Kyle Nimbus foi o primeiro Névoa dos quadrinhos. Ele era um cientista que lutou na 1ª Guerra Mundial e inventou um dispositivo que transformou seu corpo em forma gasosa, logo depois se tornando um super-vilão, inicialmente do Sandman (o super-herói, nada a ver com a HQ de Neil Gaiman). Depois disto partiu para Opal City e virou um vilão recorrente do Starman. Ele ainda pode alterar a composição química de outros objetos, controlar as pessoas quando está em estado gasoso e usar soluções químicas para tornar matéria orgânica e inorgânica invisíveis.

Leonard Snart (Capitão Frio)

Na série: Leonard Snart é um famoso ladrão que ao tentar roubar um carro-forte foi impedido pelo Flash. Para enfrentar o herói ele rouba uma arma congelante do laboratório STAR criada por Cisco Ramon com o propósito de deter Barry Allen. Snart acaba concluindo o roubou que tanto queria com seu novo aparato e volta mais tarde com o objetivo único e exclusivo de acabar com o Flash.

Nos quadrinhos:  Snart roubou um “ciclotron” e o usou para criar uma arma que dispara raios capazes de reduzir a temperatura ao zero absoluto. A maioria de seus crimes iniciais foram para ganhar o coração de uma mulher. Ele é parte importante do grupo chamado Rogues, ou “A Galeria de Vilões” no Brasil, composto de super-vilões unidos com a única intenção de derrubar o Flash. Na Galeria estão Capitão Frio, Mestre dos Espelhos, Flautista, Mago do Tempo, Trapaceiro, Capitão Bumerangue, O Pião e Onda Térmica.

Tony Woodward (Viga)

Na série: Tony Woodward foi um antigo colega de escola de Barry que vivia descendo a porrada nele. Quando adulto, seu temperamento agressivo ainda era o mesmo e durante uma briga na fábrica que trabalhava, caiu dentro de uma cuba de metal derretido no momento exato da explosão do acelerador de partículas. Tornando-se assim um meta-humano de pela metálica impenetrável, ou quase.

No gibi: Tony trabalhava numa metalúrgica até o dia que assediou uma de suas colegas de trabalho. Furiosa, ela o jogou numa cuba de metal derretido. O líquido continha resíduos de um experimento feito nos Laboratórios STAR. Esses resíduos transformaram Tony nunca Viga viva, super forte e resistente. O maior problema foi que seu começou a enferrujar em contato com oxigênio. Viga já foi também membro dos Rougues, depois de fugir da prisão.

Farooq Gibran (Blackout)

Na série: Farroq foi afetado pelo raio do acelerador de partículas enquanto estava pendurado numa torre da rede elétrica da cidade. Quando acordou do choque, Farroq matou seus amigos sem querer devido os poderes recém adquiridos e decidiu se vingar do Dr. Wells pelo que o acidente do acelerador causou a ele.

No gibi: Mulher-Maravilha e Aquaman pretendiam dominar o mundo dos humanos, o que resultou numa guerra entre as Amazonas e o Atlantis. Nessa história um dos recrutados pelo Ciborgue para colocar um fim na guerra foi Blackout. E isso é tudo =P

Roy Bivolo (Ladrão do Arco-Íris)

Na série: Bivolo foi afetado pelo acelerador de partículas e ganhou o poder de controlar as emoções. Com isso ele usa suas habilidades para enlouquecer as pessoas e cometer roubos enquanto elas estão ocupadas demais brigando entre si. Bivolo cheguo a enlouquecer o Flash, mas foi detido com a ajuda do Arqueiro.  No momento ele está preso nos Laboratório S.T.A.R. com outros super vilões.

No gibi: Roy Bivolo é o nome do vilão Rainbow Raider, “genialmente” traduzido no Brasil para “Ladrão do Arco-Íris”. Bivolo era um pintor daltônico, cujo pai, que era um optometrista, tentou criar um aparelho que curaria a condição do filho. Após seu pai morrer, Roy Bivolo pegou os óculos que seu pai deixou para ele. Infelizmente, o aparelho não corrigiu sua visão e sim se mostrou capaz de projetar raios de luz, torná-lo invisível e afetar as emoções das pessoas. Furioso, Bivolo decide partir pra vida do crime e se torna um dos vilões do Flash.

Flash Reverso

Na série: Flash Reverso foi o responsável pela morte da mãe de Barry. O vilão sumiu e reapareceu após anos tentando atrapalhar a investigação do caso do assassinato e na procura de uma tecnologia misteriosa. Ao final do episódio “The Man In The Yellow Suit” é revelado que o Flash Reverso é o Dr. Wells. Mais tarde descobrimos que Dr. Wells é na verdade Eobard Thawne do Século 25 e que precisa do Flash para voltar para seu tempo.

Quanto nos gibis, assista nosso vídeo acima que explica cada uma das versões que já pintou nos quadrinhos.

Mick Rory (Onda Térmica)

Na série: Mick trabalhou com Leonard Snart, mas algo deu errado e parte do seu corpo sofreu queimaduras de segundo grau. Ao caminho do hospital ele fugiu da ambulância e se juntou novamente ao Snart, agora com posse de um lança-chamas. Juntos, Onda Térmica e Capitão Frio tentaram enfrentar o Flash, mas falham, são presos e fogem logo em seguida.

No gibi: Mick Rory é um piromaníaco que já quando criança colocou fogo na sua casa e assistiu sua família morrer no processo. Já adulto, após ver a Galeria de Vilões do Flash em ação, ele decidiu usar sua loucura para o crime. Ele mesmo criou sua arma, roupa e o nome “Onda Térmica”. Depois disso, o vilão enfrentou o Flash mais vezes do que sabemos contar, entrou para a Sociedade Secreta do Super Vilões, mas não fez nada demais além de roubar e ameaçar a vida do corredor escarlate.

Hatley Rathaway (Flautista)

Na série: Hatley é um antigo funcionário da S.T.A.R. e ajudou Harrison Wells a criar o acelerador de partículas. O cientista avisou Wells que o experimento poderia dar errado, mas não foi dado ouvidos. A explosão do acelerador aumentou sua audição absurdamente, consequentemente o deixando com uma dor escruciante no ouvido. Ele criou então um dispositivo que pudesse controlar sua audição e luvas com emissores sônicos.

No gibi: Hartley Rathaway nasceu surdo, mas foi curado por um pesquisa do seu pai. Ele cresceu obcecado por sons e inventou uma técnica de hipnotismo através de música, além de vibrações capazes de matar. Entediado de sua vida, ele partiu pro crime como o nome de Flautista. Depois ele passou por diversas reformulações nos e hoje nos Novos 52 ele é taxado como um “vigilante reformado”.

Shawna Baez (Peek-a-Boo)

Na série: Shawna percebeu que acordava em locais que nunca esteve antes, logo depois da explosão do acelerador. Com o tempo ela aprendeu a controlar seu poder de teleporte, usou para salvar seu namorado da cadeia, mas acabou sendo presa pelo Flash. Shawna, nem ninguém, sabe qual o motivo de ela ter adquirido esses poderes.

No gibi: Shawna tentou doar um rim para seu pai, mas o procedimento falhou e ativou seu gene latente, ativando seus poderes, impossibilitando o transplante, pois sempre que é tocada ela se teleporta. Como Peek-a-Boo, ela roubou um rim para seu pai destruindo sem querer um laboratório todo, e com isso o Flash vai atrás dela e Shawna é derrotada após Flash forçar a moça se teleportar dezenas de vezes por segundo.

Mark Mardon (Mago do Tempo)

Na série: Como previsto, o irmão de Clyde que estava no avião com ele durante o acidente também se tornou o Mago do Tempo, o único oficialmente na série a ter esse nome. Mark possui poderes muito maiores que seu irmão e foi atrás de Joe para se vingar pela morte de Clyde. Cisco teve que desenvolver a Varinha do Tempo para cortar os poderes de Mark.

No gibi: Durante uma fuga da polícia, Mark Mardon foi para observatório onde seu irmão trabalhava e lá encontra um bastão que controlava o tempo, a Varinha do Tempo. Ao usá-la para fugir, acabou matando seu irmão e simples assim decidiu se tornar o Mago do Tempo. Ou seja, diferente da série, Mark não tem poderes, sem a varinha ele não é nada.

Lisa Snart (Patinadora Dourada)

Na série: Lisa Snart é a irmã do Capitão Frio. Seu pai era um policial corrupto que descontava seu ódio nela e em Leonard até ir preso. Já adulta, ela se junta ao seu irmão e ao Onda Térmica para enfrentarem o Flash juntos. Lisa ajuda no sequestro de Cisco e o força a construir uma arma especial para ela, que acaba sendo uma versão purpurinada da arma do Capitão Frio.

No gibi: Lisa Snart é o nome da vilã Patinadora Dourada, irmã do Capitão Frio. Enquanto seu irmão partiu pro crime, Lisa tentou se tornar uma patinadora e ganhar a vida honestamente. Isso até seu treinado, que também era um vilão, ser morto pelo Flash, jurando assim se vingar do corredor escarlate. Ela tentou inclusive matar Iris para atingir o velocistas, mas obviamente é detida. Desde então ela vem tentando, sozinha ou com seu irmão, se vingar do Flash. E como podem ter reparado, a Lisa Snart do gibi não tem nada a ver com a da série.

James Jesse (Trapaceiro)

Na série: James Jesse foi um psicopata terrorista em Central City nos anos 90 que acabou sendo preso em Iron Heights. Entretanto, próximo de 2005 ele entrou em contato com seu filho e juntos eles planejaram sua fuga da prisão. Os dois tentaram roubar milhões então ao envenenar os ricaços de Central City e dar-lhes os antídotos apenas em troca de todo o dinheiro na conta de cada um. A curiosidade aqui é que o ator Mark Hamill, que faz o antigo Trapaceiro, interpretou o vilão na clássica série The Flash de 1990.

Nos gibis: James Jesse, cujo verdadeiro nome é Giovanni Giuseppe, era filho de dois artistas circenses, mas como tinha medo de altura e vivia recluso criou dois sapatos que o ajudavam a levitar e assim perder o medo de altura. Porém o garoto sempre foi doido de pedra e em busca de mais emoções virou um vilão e entrou pra Galeria de Vilões do Flash.  Como vilão ele está sempre enganando todo mundo com artimanhas e novos aparatos criados por ele mesmo.

Brie Larvan (Bug-Eyed Bandit)

Na série: Brie Larvan trabalhava no Mercury Labs desenvolvendo abelhas robóticas, porém ela mudo o rumo da pesquisa ao usá-las para fins militares. Com isso seu projeto foi fechado, ela demitida e por isso decidiu se vingar de todos que foram responsáveis pelo acontecido, assassinando-os com suas abelhas cheias de veneno.

Nos gibis: Bertram Larvan é o Bug-Eyed Bandit nos gibis. Ele tornou-se um ladrão para financiar seu desenvolvimento de insetos robôs. E com os robôs prontos, ele continuou roubando, agora com seus pequenos insetos para ajudar. Originalmente ele é um vilão do Elétron que além de ter descoberto sua identidade, acabou sendo preso, fugiu da cadeia e no fim acabou sendo um dos milhares de mortos na Crise nas Infinitas Terras para nunca mais aparecer.

Gorila Grood

Na série: Grodd era um gorila usado para experiências no Laboratório S.T.A.R. para uma droga que deveria aumentar as capacidades mentais. Após a explosão do acelerados de partículas, o efeito das drogas foi potencializado e Grodd tornou-se super inteligente e ganhou poder de controle mental. Com isso o gorila decidiu se vingar daqueles que o aprisionou inicialmente: Wade Eiling.

No gibi: Grodd era parte da Cidade Gorila, um local no meio da África habitado por gorilas inteligentes. Quando Flash o conheceu, Grodd já era super inteligente e possui poderes mentais que, de acordo com o próprio gorila, foram ganhos após ser exposto a uma rocha que caiu do espaço em sua selva. Outra história também é que Grodd é um alienígena do planeta Calor e trouxe sua cidade para Terra para cumprir seu planos de conquista.

Hannibal Bates (Everyman)

Na série: Hannibal Bates após a explosão do acelerador de partículas ganhou a habilidade de metamorfose, pode se transformar em qualquer um em que toque. Após isso, Bates cometeu uma série de crimes sem nunca ser pego, afinal após um roubo ele mudava sua aparência e outra pessoa levava a culpa. A história muda quando Eddie é incriminado por ele e Barry, Cisco e Caitlyn vão atrás de capturar o vilão que posteriormente se associa a Eobard.

No gibi: Bates foi criado por Lex Luthor, o primeiro de um projeto que daria poderes a não-metahumanos. A grande diferença aqui é que nos gibis Bates precisa comer um pedaço da pessoa em que irá se transformar, uma unha ou fio de cabelo bastaria, mas como ele é doido de pedra, Hannibal come mais do que precisa de suas vítimas. No fim, Everyman foi morto pela Cupido que havia “cansado” de seu relacionamento.

Confira também a Galeria de Vilões de Arrow

Deixe seu comentário:

11 COMENTÁRIOS

Deixe um comentário